Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Herói da FEB completa 105 anos

Publicado: Quarta, 13 de Julho de 2022, 16h40 | Acessos: 1561

O Tenente-Coronel Nestor da Silva completou, nesta quarta-feira (13), 105 anos. A data foi marcada por uma homenagem do Comando Militar do Planalto ao integrante da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que recebeu uma placa personalizada, celebrando o transcurso de sua data natalícia. O evento, aconteceu na residência do veterano em Brasília, e reuniu familiares, amigos e a família Verde-Oliva.
A Banda de Música do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília (BPEB) fez uma apresentação com canções militares e hinos. Houve bolo para o parabéns especial para o herói da FEB que combateu durante a Segunda Guerra Mundial.

Emocionado, o TC Nestor falou dos seus feitos em terras italianas. "Fui para guerra como 2º sargento, realizei 18 patrulhas e tomei parte de vários ataques do Brasil na Itália", destacou. O Coronel agradeceu a presença de todos. "Sinto-me honrado com esta homenagem, é uma alegria muito grande que invade o meu coração e me impede de falar. Desejo a todos muita saúde, para que também cheguem aos 105 anos", concluiu o Coronel.

Segunda Guerra Mundial

O Tenente-Coronel Nestor tomou parte dos feitos memoráveis da FEB em terras italianas, como as Tomadas de Montese e de Monte Castelo, páginas gloriosas do Exército durante o maior conflito armado da história da humanidade. Natural de Lagoa Santa (MG), ele foi praça voluntário no então 10º Regimento de Infantaria, em Belo Horizonte, no ano de 1938. Após transferência para o 11º Batalhão de Infantaria, em São João D´El Rei (MG), alcançou a graduação de Segundo-Sargento. No ano de 1944, embarcou para a Campanha na Itália, onde, com os valorosos Pracinhas, fez a “cobra fumar” durante a Segunda Guerra Mundial.
Por seus serviços em campanha, foi promovido ao posto de segundo-tenente pelo próprio General Mascarenhas de Morais, Comandante da FEB. No retorno vitorioso ao País, deu sequência à brilhante carreira, passando à reserva remunerada no ano de 1972.

registrado em:
Fim do conteúdo da página